sexta, 25 de setembro de 2020
07/02/2020 - 11:44

Itens da cesta básica estão mais baratos em Itajaí

Comparado com dezembro de 2019, houve redução de valores entre os produtos mais baratos

Os 22 itens com menor preço da cesta básica estão ainda mais baratos em Itajaí. Em comparação com dezembro de 2019, agora a cesta básica com os menores valores custaria R$ 76,92 - em torno de 5% mais barata do que no ano passado. Os valores foram conferidos pelos fiscais da Procuradoria do Consumidor (Procon) em oito estabelecimentos de Itajaí. Além da pesquisa da cesta básica, outros 32 produtos da pesquisa de grandes marcas também foram analisados.

Dos 22 produtos da cesta básica, dez apresentaram variação de preço acima de 100% entre o mais caro e o mais barato. Já o desinfetante é o campeão da diferenciação de valor entre os estabelecimentos (234%), seguido pelo sabonete (206%). O pacote de papal higiênico com quatro rolos também apresentou variação acima de 200% e pode custar de R$ 1,99 a R$ 5,99. Apenas um item variou abaixo dos 10%, o quilo do pão francês tem uma diferença de apenas R$ 0,50, com preço mínimo de R$ 9,49.

Na pesquisa realizada com os produtos de fabricantes específicos, conhecido como grandes marcas, os valores de diferença de preço são menores. A variação fica entre 19% e 117%. O sorvete de 1,5 litro foi a menor variação de preço nos estabelecimentos com o preços de R$ 12,98 até R$ 15,50. Já a maior diferença entre as grandes marcas ficou com o molho de tomate, que está nas prateleiras pelos preços de R$ 1,89 a R$ 4,10.

O Procon orienta aos consumidores a pesquisarem entre os estabelecimentos, pois a diferença de preços afeta diretamente no orçamento familiar. Além disso, é preciso se atentar para a data de validade e os produtos em promoção próximos ao vencimento para não comprar em quantidade maior do que a capacidade de consumir dentro do prazo.

A Procuradoria do Consumidor de Itajaí realiza todos os meses as pesquisas dos itens da cesta básica e dos combustíveis, como esta realizada na última segunda-feira (03). O intuito é averiguar possíveis irregularidades na relação entre os comércios e a população e informar sobre as variações dos preços. O Procon também realiza pesquisas sazonais como de material escolar, páscoa e natal. O órgão municipal atende das 12h às 18h na avenida Joca Brandão, 655, Centro e pelo telefone (47)3348-6906 para orientar os consumidores e receber denúncias. 

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros