sexta, 25 de setembro de 2020
03/02/2020 - 11:03

BC: Vigilância Epidemiológica chama atenção para vacinação contra febre amarela

O vírus da febre amarela está em circulação em Santa Catarina, por isso, é essencial que os municípios do estado atinjam no mínimo 95% de pessoas vacinadas. Em Balneário Camboriú, 60.60% da população foi imunizada contra a doença. As vacinas estão à disposição em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município, durante todo o ano, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, além da Unidade de Apoio da temporada, na Avenida Atlântica, em frente à Rua 1400.

Foi noticiado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE-SC), na sexta-feira (24), o primeiro caso de febre amarela, no Estado em 2020. O paciente de 47 anos é morador de São Bento do Sul e não possui registro de vacinação contra a doença.

Além disso, aproximadamente 60 macacos morreram com suspeita de febre amarela, mas é importante salientar que eles não transmitem a doença. "O Vale do Itajaí já é considerado área com evidências de circulação do vírus da febre amarela, então é importante que toda a população desde os nove meses de idade busque a vacinação, visto que é uma vacina gratuita e disponível em todos os postos de saúde", declara a médica-veterinária, Fabiana Ribeiro Barreiro.

Sobre a febre amarela

A febre amarela é uma doença grave, transmitida pela picada de mosquitos, inclusive o Aedes Aegypti, e a única forma de não contraí-la é por meio da vacinação. Os sintomas são febre alta de início súbito, mal estar, dor de cabeça, dor muscular, calafrios, náuseas e vômitos. Quando a doença evolui para a forma grave, pode ocorrer dor abdominal, olhos amarelados, hemorragias e funcionamento inadequado de órgãos como fígado e rins.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros