sábado, 22 de fevereiro de 2020
16/01/2020 - 19:17

Catarinenses têm expectativas positivas para 2020, mas mantêm cautela nos investimentos

Dados foram apurados pela Fecomércio SC em sete cidades do Estado

Os catarinenses estão otimistas com o ano que inicia, conforme aponta a pesquisa de Expectativa do Consumidor e do Empresário para 2020, realizada pela Fecomércio SC nas cidades de Chapecó, Lages, Florianópolis, Criciúma, Joinville, Itajaí e Blumenau.

A pesquisa traz a percepção dos dois públicos em relação ao emprego, investimentos, vendas, metas, entre outros indicadores. Foram entrevistados 2097 consumidores e 408 empresários.

Leia a pesquisa na íntegra

CONSUMIDOR

Para 68,3%, este ano será melhor do que 2019- o percentual, porém, é menor na comparação com o ano anterior (82,7%). Enquanto a percepção está positiva em Itajaí (77,0%), os moradores de Criciúma (20,0%) acreditam que o ano deve ser pior.

A maioria dos catarinenses está seguro (41%) ou muito seguro (22%) em relação ao emprego. Destaque para Blumenau com o maior percentual de segurança (44,0%) neste quesito. Por outro lado, Chapecó apresenta o maior índice (14%) de insegurança.

A meta de quase metade dos consumidores é economizar (40%), seguido por aqueles que pretendem comprar imóvel (12,4%), comprar automóvel/moto (10,5%), viajar (7,8%) e estudar (7,5%). Em Florianópolis, 71,7% afirmaram que pretendem economizar neste ano.

?Os dados são animadores, visto que ter uma boa expectativa quanto ao futuro é um fator determinante para o consumo e para o investimento?, avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt. Segundo ele, a agenda do governo federal deve dar prioridade para a reforma tributária, que ajudará a destravar os negócios  e devolver a confiança àqueles que geram emprego e renda no país.

EMPRESÁRIOS

Percentual expressivo de empresários (54,2%) afirmou que tem ótimas perspectiva de vendas- em Lages o índice chega a 84,8%- no entanto, os dados sinalizam que eles permanecem cautelosos.

A maioria dos empresários (65%) afirmou que não pretendem ampliar o quadro de trabalhadores, investir (64%) e nem diversificar seus negócios (64,7%). Os empresários em Joinville ainda estão incertos (17%) em relação os planos de investimentos em 2020.

> Confira outras pesquisas e índices da Fecomércio SC

Sexta, 21 de fevereiro de 2020
Dada a largada para o Carnaval de BC
Sexta, 21 de fevereiro de 2020
Nelson Abrão se filia no Progressistas
Sexta, 21 de fevereiro de 2020
MS Marina atraca no Porto do Rio Grande
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros