sábado, 25 de janeiro de 2020
10/01/2020 - 10:46

Saúde de Camboriú promove ações alusivas ao Janeiro Branco

A Secretaria de Saúde de Camboriú, por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), em parceria com Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), realiza durante todo o mês diversas ações alusivas ao Janeiro Branco. O mês foi criado para lembrar e alertar sobre os cuidados com a saúde mental, por isso, o objetivo é que as ações façam refletir sobre a importância dos cuidados consigo e com os que estão ao seu redor. 
 
?Sabemos que os problemas com a saúde emocional cresceram significativamente nos últimos anos, por isso, planejamos mais um mês com intensificação nas ações de conscientização, pois o objetivo é alertar as pessoas sobre a importância de também  cuidar da saúde mental?, ressalta a secretária de Saúde, Elisama de Freitas.
 
Uma das atividades é a presença das equipes multidisciplinares, que conta com profissionais como: psicólogo, assistente social, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, enfermagem, entre outros, nas salas de espera de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), que realizarão palestras e bate papos com que aguarda por atendimento. Eles irão promover rodas de conversa e distribuição de folders com informações sobre o tema, como: prevenção e onde encontrar tratamento para problemas e doenças relacionadas à saúde mental. 
 
?Nossa equipe está realizando um ciclo de palestras e debates sobre sentimentos e emoções, durante todo o mês, para mobilizar a sociedade em prol da importância da saúde mental, mas pincipalmente sobre a importância de romper estigmas em relação à busca por profissionais e por uma vida tranquila e saudável?, a coordenadora do CAPS, Thalita Berlinck.
 
Importância da conscientização
 
Cresce o número de pessoas que sofrem com doenças psíquicas, como: depressão, pânico, angústia, ansiedade e outros. Dados informados pela Organização Mundial da Saúde trazem que cerca de 300 milhões de pessoas sofrem do transtorno no planeta.  O Brasil é o campeão da América Latina em casos de depressão ? cerca de 5,8% da população sofre com esse mal. O país lidera uma outra estatística:  maior prevalência de ansiedade no mundo. Nos últimos 10 anos houve um crescimento de 18% dos casos. 
A psicóloga e coordenadora do NASF, Joyce de Almeida Cruz, comenta que ?é preciso que se cuide mais uns dos outros, pois os cuidados com saúde mental se estendem além do consultório e paredes de nossas casas. As minhas ações afetam aos outros e também sou afetado pelo outro", frisando ainda que combater preconceitos e violências são formas de promover saúde mental.
 
CAPS
 
O CAPS é o setor especializado que cuida da saúde mental de moradores de Camboriú,  com transtornos graves e persistentes. Os funcionários estão à disposição para orientar e atender os pacientes com dúvidas e queixas psíquicas. Lembrando que todas as pessoas que possuam sentimentos de que precisam de ajuda devem se dirigir a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência, para que assim seja dado todos os encaminhamentos necessário diante da situação. 
 
No dia 30 de janeiro, às 16h, o encerramento da campanha será promovida uma caminhada, com partida da Secretaria de Saúde até a Praça das Figueiras. 
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros