segunda, 24 de fevereiro de 2020
09/01/2020 - 18:33

Secretaria de Saúde alerta sobre risco de acidentes com escorpiões durante o verão

Aparecimento dos animais deve ser comunicado ao Núcleo de Controle de Zoonoses

A Secretaria de Saúde de Itajaí orienta sobre a prevenção de acidentes com escorpiões, principalmente durante o verão, quando estes animais se reproduzem em maior escala. Este fator, aliado ao calor e às chuvas típicas da estação, favorece o aparecimento do escorpião nas áreas urbanas. Esses animais tendem a se esconder em locais mais escuros, como esgotos, entulhos e até mesmo em residências. Por isso, o aparecimento deve ser comunicado ao Núcleo de Controle de Zoonoses.

No ano passado, foram capturados 864 escorpiões em 570 visitas de monitoramento em Itajaí, sendo 695 da espécie Tityus serrulatus, popularmente conhecido como escorpião amarelo (o mais perigoso), 168 da espécie Tityus bahiensis e 01 da espécie Tityus costatus. Em relação a 2018, a cidade registrou uma queda de quase 25% no número de animais graças às ações preventivas e coleta realizadas.

Atualmente, a equipe do Núcleo de Controle de Zoonoses realiza buscas desses animais à noite utilizando lanternas de luz ultravioleta. Quando capturados, os escorpiões são encaminhados para identificação e a população é orientada sobre os cuidados. As áreas com registro da presença de escorpiões são monitoradas constantemente.

Dados do Ministério da Saúde mostram ainda que o número de acidentes com escorpião só avança no país. Em 2018, foram contabilizados 141,4 mil casos de acidentes. Em 2017, foram 125 mil registros. Em 2016, foram 91,7 mil notificações. Na cidade de Itajaí não foi registrado nenhum acidente por escorpiões no ano de 2019.

O que fazer ao encontrar um escorpião

Quem encontrar escorpião em casa deve avisar o Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde através do telefone (47) 3249-5571. Em caso de picada, a recomendação é que o local seja lavado com água e sabão e, em seguida, a pessoa deve ser levada ao hospital. Caso a vítima seja criança, deve ser encaminhada imediatamente ao Hospital Infantil Pequeno Anjo, e adultos ao Hospital Marieta Konder Bornhausen. Nestes dois locais, existe soro antiescorpiônico e profissionais capacitados para agirem nesse tipo de situação. Se for possível, o animal deve ser capturado e levado junto com o paciente para que os profissionais de saúde possam identificar a espécie.

Cuidados básicos para diminuir os riscos de acidentes

Alguns dos cuidados básicos ajudam a prevenir o aparecimento dos escorpiões, como: manter os quintais, terrenos baldios e jardins limpos; não acumular entulho e lixo doméstico; aparar grama dos jardins e recolher as folhas caídas; colocar o lixo em sacos plásticos que devem ser mantidos fechados para evitar o aparecimento de moscas, baratas e outros insetos, pois eles são os alimentos favoritos dos escorpiões. 

Sexta, 21 de fevereiro de 2020
Dada a largada para o Carnaval de BC
Sexta, 21 de fevereiro de 2020
Nelson Abrão se filia no Progressistas
Sexta, 21 de fevereiro de 2020
MS Marina atraca no Porto do Rio Grande
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros