quinta, 06 de agosto de 2020
10/12/2019 - 11:27

Fundo Patrimonial Amigos da Univali será gerido por Associação

Assembleia geral de constituição da entidade ocorreu na última sexta-feira (6)

Uma nova associação civil sem fins lucrativos nasceu na tarde da última sexta-feira (6), em Itajaí (SC). A entidade administrará o Fundo Patrimonial Amigos da Univali, uma alternativa jurídica para atender à demanda de interessados em contribuir com iniciativas e projetos desenvolvidos pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Empresários, egressos, representantes do Conselho Gestor, colaboradores e funcionários aposentados da Universidade marcaram presença na assembleia geral de constituição da Associação.

Por meio deste fundo, que encontra previsão em lei federal, será possível captar, gerir e destinar doações de pessoas físicas e jurídicas a iniciativas de ensino, ciência, tecnologia, pesquisa, inovação, cultura, saúde, meio ambiente, assistência social, desporto, segurança pública e direitos humanos. O Fundo Patrimonial Amigos da Univali segue o modelo dos endowments funds, ainda incipiente no Brasil, mas amplamente utilizado pelas maiores universidades do mundo, nas quais empresas privadas, mecenas e ex-alunos contribuem com as instituições de ensino, de forma espontânea, para auxiliar na manutenção de suas estruturas, atividades e objetivos institucionais, principalmente nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. O modelo já é realidade em universidades estrangeiras renomadas, como em Harward, Yale, Princeton e Stanford, nos Estados Unidos.

No encontro de sexta-feira, o reitor da Univali, professor Valdir Cechinel Filho, conduziu os trabalhos iniciais, em que foram apresentadas a proposta do Fundo, entidades com propostas semelhantes já instaladas no Brasil e aspectos legais, estes esclarecidos pelo procurador geral da Fundação Univali, professor Rodrigo de Carvalho. Feito isto, estabeleceu-se a assembleia de constituição da nova associação, com eleição e posse do Conselho de Administração, da Diretoria e do Conselho Fiscal, seguido da discussão e aprovação do estatuto da entidade.

?A ideia é que a gratidão gere oportunidades. É uma forma de muitos que foram auxiliados de alguma forma retribuírem à instituição. Trata-se de um momento importante para a Univali e toda a comunidade, pois passamos a contar com um mecanismo legal que viabiliza doações de forma transparente, dando à Associação autonomia e independência em relação à sua gestão administrativa, jurídica, patrimonial, econômico-financeira e contábil", ressaltou Cechinel.

Na oportunidade, o reitor ressaltou, ainda, que a iniciativa consolida mais um marco previsto em seu plano de gestão Conectar e Inovar. Ele anunciou e parabenizou os membros do Conselho de Administração da Associação, que terá como presidente o empresário Osny Serafim e, como vice-presidente, a funcionária aposentada da Univali, Beatriz Guedes. ?Eu acredito muito nesta proposta e tenho expectativa que estas conexões irão gerar talentos por meio de doações em prol da educação", ponderou.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros