domingo, 31 de maio de 2020
07/11/2019 - 11:17
Foto: Divulgação

Mari Monteiro apresenta show A Bela é a Fera em cinco bairros de Itajaí

Sessões gratuitas ocorrem em entidades, unidade escolar e associações
A cantora Mari Monteiro vai levar, a partir deste mês, o show ?A Bela é a Fera? para cinco bairros de Itajaí - São Judas, São João, Centro, Dom Bosco e Murta. Algumas datas ainda estão em definição e serão informadas posteriormente. O público terá acesso gratuitamente às dez apresentações do projeto. O espetáculo tem direção geral de Suely Mesquita (RJ) e explora a relação das músicas com lendas e contos de fadas, valorizando a performance da cantora itajaiense num universo lúdico. O projeto de circulação tem patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí e estreia neste sábado (9) no Instituto Grupo Poly, às 14h, no bairro Murta.
 
O CD e show ?A Bela é a Fera? são marcos na carreira da cantora Mari Monteiro, nos quais mostra sua verdadeira identidade, essência e escolhas. Originalmente apresentado em teatros, o espetáculo terá roteiro adaptado para atingir outros locais do município, aproximando a arte das comunidades. O público-alvo abrange pessoas de baixa renda, estudantes da rede pública de ensino, portadores de necessidades especiais, artistas e comunidade geral.
 
O repertório do show apresenta as músicas do álbum ?A Bela é a Fera? e também canções de importantes de artistas catarinenses. O conteúdo das músicas trata de temas universais e humanísticos, que se adaptam a todos os tipos de público. A cantora, compositora e professora do Rio de Janeiro, Suely Mesquita, que trabalha com Mari há nove anos na preparação vocal, fará a direção geral das apresentações.
 
A proposta do projeto é valorizar o caráter cultural e educacional das apresentações, contextualizando as músicas e respeitando as particularidades de cada público. Os espectadores também serão incentivados a participar do show através do canto e da dança. Além da cantora Mari Monteiro, integram o projeto os músicos Luciano Stima (violão e guitarra) e Luciano Candemil (percussão).
 
Confira a agenda de apresentações do projeto:
 
09/11 - Instituto Grupo Poly - 14h
28/11 - Casa da Cultura Dide Brandão - 15h
05/12 - Parque Dom Bosco ? 2 apresentações, as 10h e as 14h
14/12 - Lar Fabiano de Cristo - 15h
 
Sobre Mari Monteiro
 
Natural de Itajaí, a cantora Mari Monteiro desenvolve desde 2003 um trabalho com o músico e produtor Luciano Stima. Formou-se no Conservatório de Música de Itajaí em 2009 e atualmente cursa bacharelado em Canto na Univali. Também trabalha e estuda canto em parceria com Suely Mesquita, professora, cantora em compositora do Rio de Janeiro. Em 2010 realizou o show ?O Melhor Lugar do Mundo é Aqui e Agora ? Gilberto Gil na voz de Mari Monteiro?, através da lei municipal de incentivo à cultura de Itajaí. O projeto incluiu apresentações no Rio de Janeiro e um DVD gravado no Teatro Municipal de Itajaí.
 
A partir de 2011 participou de diversos festivais de Santa Catarina obtendo posições de destaque com músicas de autores catarinenses. No final de 2015, lançou seu primeiro CD autoral ?A Bela é a Fera?. O disco apresenta os temas que foram premiados em festivais e também músicas de compositores renomados, como Paulinho Moska. O álbum ganhou menção honrosa no ?Melhores da Música Brasileira de 2015? do conceituado site Embrulhador, se destacando entre mais de 1.200 discos avaliados.
 
Em 2018 se dedicou a criação do show Máquina do Ritmo, com ênfase na massa sonora de quatro percussionistas e um guitarrista, explorando ritmos afro-brasileiros com sonoridades contemporâneas. O espetáculo, com músicas de artistas regionais e também canções de nomes consagrados na MPB, foi apresentado no Sesc de Itajaí e na abertura do show de Elza Soares no Festival de Música de Itajaí em 2019.
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros