domingo, 17 de novembro de 2019
07/11/2019 - 11:17
Foto: Divulgação

Mari Monteiro apresenta show A Bela é a Fera em cinco bairros de Itajaí

Sessões gratuitas ocorrem em entidades, unidade escolar e associações
A cantora Mari Monteiro vai levar, a partir deste mês, o show ?A Bela é a Fera? para cinco bairros de Itajaí - São Judas, São João, Centro, Dom Bosco e Murta. Algumas datas ainda estão em definição e serão informadas posteriormente. O público terá acesso gratuitamente às dez apresentações do projeto. O espetáculo tem direção geral de Suely Mesquita (RJ) e explora a relação das músicas com lendas e contos de fadas, valorizando a performance da cantora itajaiense num universo lúdico. O projeto de circulação tem patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí e estreia neste sábado (9) no Instituto Grupo Poly, às 14h, no bairro Murta.
 
O CD e show ?A Bela é a Fera? são marcos na carreira da cantora Mari Monteiro, nos quais mostra sua verdadeira identidade, essência e escolhas. Originalmente apresentado em teatros, o espetáculo terá roteiro adaptado para atingir outros locais do município, aproximando a arte das comunidades. O público-alvo abrange pessoas de baixa renda, estudantes da rede pública de ensino, portadores de necessidades especiais, artistas e comunidade geral.
 
O repertório do show apresenta as músicas do álbum ?A Bela é a Fera? e também canções de importantes de artistas catarinenses. O conteúdo das músicas trata de temas universais e humanísticos, que se adaptam a todos os tipos de público. A cantora, compositora e professora do Rio de Janeiro, Suely Mesquita, que trabalha com Mari há nove anos na preparação vocal, fará a direção geral das apresentações.
 
A proposta do projeto é valorizar o caráter cultural e educacional das apresentações, contextualizando as músicas e respeitando as particularidades de cada público. Os espectadores também serão incentivados a participar do show através do canto e da dança. Além da cantora Mari Monteiro, integram o projeto os músicos Luciano Stima (violão e guitarra) e Luciano Candemil (percussão).
 
Confira a agenda de apresentações do projeto:
 
09/11 - Instituto Grupo Poly - 14h
28/11 - Casa da Cultura Dide Brandão - 15h
05/12 - Parque Dom Bosco ? 2 apresentações, as 10h e as 14h
14/12 - Lar Fabiano de Cristo - 15h
 
Sobre Mari Monteiro
 
Natural de Itajaí, a cantora Mari Monteiro desenvolve desde 2003 um trabalho com o músico e produtor Luciano Stima. Formou-se no Conservatório de Música de Itajaí em 2009 e atualmente cursa bacharelado em Canto na Univali. Também trabalha e estuda canto em parceria com Suely Mesquita, professora, cantora em compositora do Rio de Janeiro. Em 2010 realizou o show ?O Melhor Lugar do Mundo é Aqui e Agora ? Gilberto Gil na voz de Mari Monteiro?, através da lei municipal de incentivo à cultura de Itajaí. O projeto incluiu apresentações no Rio de Janeiro e um DVD gravado no Teatro Municipal de Itajaí.
 
A partir de 2011 participou de diversos festivais de Santa Catarina obtendo posições de destaque com músicas de autores catarinenses. No final de 2015, lançou seu primeiro CD autoral ?A Bela é a Fera?. O disco apresenta os temas que foram premiados em festivais e também músicas de compositores renomados, como Paulinho Moska. O álbum ganhou menção honrosa no ?Melhores da Música Brasileira de 2015? do conceituado site Embrulhador, se destacando entre mais de 1.200 discos avaliados.
 
Em 2018 se dedicou a criação do show Máquina do Ritmo, com ênfase na massa sonora de quatro percussionistas e um guitarrista, explorando ritmos afro-brasileiros com sonoridades contemporâneas. O espetáculo, com músicas de artistas regionais e também canções de nomes consagrados na MPB, foi apresentado no Sesc de Itajaí e na abertura do show de Elza Soares no Festival de Música de Itajaí em 2019.
Quarta, 13 de novembro de 2019
PM prende homem por furto em BC
Quarta, 13 de novembro de 2019
Inep divulga hoje gabaritos oficiais do Enem
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros