quinta, 14 de novembro de 2019
18/10/2019 - 17:06
Foto: Divulgação

Complexo Portuário do Itajaí deve superar 1,2 milhão de TEUs em 2019

O volume foi estimado tomando a média mensal de 100,68 mil TEUs, registrada de janeiro a setembro deste anjo

O Complexo Portuário do Itajaí chegou ao fim de setembro com a movimentação de 906,12 mil TEUs (Twenty-Foot Equivalent Unit ? unidade internacional equivalente a um contêiner de 20 pés), com avanço de 6% com relação a igual período do ano passado. O número de atracações no ano também passou de 748 para 787 [com avanço de 5%] e, em tonelagem, foram mais de 10,06 milhões de toneladas de mercadorias exportadas e importadas.

No mês de setembro os volumes operados no complexo somaram 108,72 mil toneladas [com avanço de 12% sobre setembro do ano passado] e chegaram a US$ 1,232 bilhão, o equivalente a 55,9% da corrente de comércio de Santa Catarina e 3,5% da corrente de comércio brasileira.

Embora com um acentuado recuo de 13,7% em setembro, os frangos continuam liderando a pauta de exportações do Complexo Portuário do Itajaí, com o embarque de US$ 160,71 milhões no último mês. As carnes [suína e bovina] somaram US$ 85,44 milhões e ficam na segunda posição. Porém, com recuo de 8,2%. No topo da pauta de importações está o item mecânicos e eletrônicos, com US$ 262,087 milhões e avanço de 28,6%, seguido dos plásticos e borrachas [US$ 134,91 milhões e incremento de 261,4%.

O complexo também opera as cargas de maior valor agregado no país, com a média de US$ 1,20 por quilo FOB. O valor é mais que o dobro do operado em Santos, de US$ 0,54 por quilo FOB.

?O crescimento de dois dígitos verificado no último mês, comparativamente a setembro passado, mostra a importância de estarmos com nossa infraestrutura [berços 3 e 4 e dragagens dos canais e bacia de evolução] em boas condições operacionais?, afirma o assessor da Superintendência do Porto de Itajaí, Heder Cassiano Moritz. ?Também estamos nos mantendo num patamar de movimentação constante, o que gera uma expectativa de crescimento entre 6% e 7% para este ano?, complementa.

O superintendente Fábio da Veiga diz que o considerável índice de crescimento verificado em setembro na margem direita demostra que o crescimento do Porto de Itajaí é sólido e muito superior à média nacional, que no último ano ficou em torno de 2%. ?O fato de conseguirmos atrair 33% a mais de contêineres que em setembro do ano passado demostra que o trabalho feito por toda a equipe do Porto de Itajaí e APM Terminals está sendo reconhecido pelo mercado.

 

Terminais

A Portonave S/A ? Terminal Portuário Navegantes continua respondendo pela maior fatia das cargas operadas no complexo, com 60,7% das operações do complexo nos nove meses de 2019. No período o terminal de uso privado (TUP) movimentou 550,09 mil TEUs, com recuo de 4%. Em setembro as operações do TUP somaram 65,73 mil TEUs, com avanço de 2% sobre setembro do ano passado.

A APM Terminals Itajaí e o Porto Público acumulam 356,03 mil TEU soprados neste ano, com aumento de 26% em comparação com o acumulado em 2018. Em setembro foram importadas e exportadas 42,99 mil TEUs, superando em 33% setembro de 2018.

Quarta, 13 de novembro de 2019
PM prende homem por furto em BC
Quarta, 13 de novembro de 2019
Inep divulga hoje gabaritos oficiais do Enem
Terça, 12 de novembro de 2019
Ressorteio no Detran-SC
Terça, 12 de novembro de 2019
Segunda Instância
Terça, 12 de novembro de 2019
Dois lados
Terça, 12 de novembro de 2019
Presidente da Alesc
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros