sábado, 07 de dezembro de 2019
17/07/2019 - 15:14

Palestra na ACII sobre Câmbio aborda estratégia utilizada pelos envolvidos na Operação Lava Jato

Evento integra a Semana dos Núcleos da Facisc, que objetiva movimentar os empresários que participam do Programa Empreender

A Câmara de Comércio Exterior promoveu palestra na terça-feira, 17 de julho, na Associação Empresarial de Itajaí (ACII), sobre ?Câmbio em Comércio Exterior?, com o executivo de negócios da Advanced Corretora de Câmbio, idealizador do Canal Câmbio na Veia e do Canal Verde Cursos, Leandro Marchioretto. O evento integrou a Semana dos Núcleos, da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), que segue até sexta-feira, 19.

O especialista afirmou que existem três eixos importantes para se realizar uma operação de câmbio: ser legal, pois somente com embasamento na legislação é possível fechar o câmbio; Fundamentação econômica, onde o importador é autorizado pela Refeita Federal a fazer operações de até $50 mil e não podendo fechar câmbio superior a esse valor; Amparo pela documentação, em que foi citado o caso dos Agentes de Carga Internacional, que movimentam grandes quantias dos seus clientes em sua conta para pagamento dos armadores, mas não são valores da empresa e para que haja legalidade é preciso a análise do balancete. ?Tudo precisa de documentação. O Banco Central diz que para se fechar o câmbio acima de $3 mil é preciso documentação?.

Marchioretto detalhou uma lacuna que tem facilitado o envio de dinheiro para o exterior, utilizada inclusive na Lava Jato, que é a falta de integração entre os bancos e as emissões de proforma invoice ? nota preliminar de venda enviada aos compradores antes de uma remessa ou entrega de mercadorias. ?A proforma invoice é o maior problema do importador hoje, pois com o mesmo documento é possível fechar o câmbio em diferentes instituições. O Banco Central só vai verificar essa transação 60 dias depois, nesse meio tempo se pode fazer uma evasão de divisas de milhões?, explicou.

Outro detalhe abordado é a diferença entre ?Tarifa e Taxa de Câmbio?, em que o primeiro termo se refere a tarifa fixa que se paga a cada instituição pelas operações. Já a segunda designa o custo de uma moeda em relação a outra, que pode ser analisada pela paridade ou cotação.

Antes de encerrar, esclareceu ainda os prazos para Liquidação do Contrato de Câmbio. Falou do que se trata o ?Mercado Paralelo? e apresentou as perguntas e respostas mais comuns que recebe através dos canais que mantém.

Semana dos Núcleos
A Semana dos Núcleos está na sua segunda edição e visa movimentar os empresários que participam do Programa Empreender, por meio dos 596 núcleos empresariais ligados às associações empresariais de todo o Estado, através das associações empresariais.

Em Itajaí, ainda vai acontecer nesta quarta-feira, 17, Sessão de Negócios do Núcleo da Mulher Empresária (NuME), na Univali, às 18h30. Na quinta-feira, 18, na reunião do Núcleo de Jovens Empreendedores (NJE), recebe na ?Dinâmica 30?, a palestra ?Criatividade?, com o VP da Conselho Estadual de Jovens Empreendedores de Santa Catarina (Cejesc), Luiz Carlos Gama Filho. Além disso, na segunda-feira, 15, os membros do NJE passaram por treinamento do Programa Geração Empreendedora.

Sexta, 06 de dezembro de 2019
Vagas de emprego no Sine Itajai
Sexta, 06 de dezembro de 2019
PM prende homem por furto em BC
Sexta, 06 de dezembro de 2019
Vagas de empregos no SINE Itajaí
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Novo presidente
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Orçamento
Quinta, 05 de dezembro de 2019
Previdência, só em 2020
Quinta, 05 de dezembro de 2019
PM prende homem por tráfico de drogas em BC
Quinta, 05 de dezembro de 2019
PM prende homem por tráfico de drogas em BC
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros