terça, 25 de junho de 2019
10/06/2019 - 14:59

Governo vai liberar R$ 200 milhões para obras de infraestrutura

Sem poder realizar financiamento, governo utilizará recursos próprios. 'Na medida em que o Estado tenha recurso, a gente avança em outras obras', disse Moisés

O governador Carlos Moisés da Silva anunciou na manhã desta segunda-feira (10) um pacote de obras para o setor de infraestrutura de cerca de R$ 200 milhões. O investimento contempla seis obras em todas as regiões de Santa Catarina. O governo divulgou apenas duas delas.

Na Grande Florianópolis, as obras acontecem na SC-401, que liga o Norte da Ilha ao Centro. Serão mais de R$ 30 milhões investidos em um trecho de 12 km, entre o bairro Itacorubi e o bairro Ratones. Segundo a secretaria de Infraestrutura, as obras devem acontecer à noite, para não atrapalhar o fluxo, e devem ficar prontas entre 18 e 24 meses. Serão realizados alargamentos da pista, troca de guard-rails, entre outras melhorias.

No Oeste, o investimento é no trecho entre a BR-282 e a SC-283, em Chapecó. Serão 11,4 km renovados que devem desafogar o trânsito no Centro da cidade, com valor estimado em R$ 25 milhões. Segundo o governo, o cronograma das obras vai ser definido pela Prefeitura, já que a rodovia é municipal. 

As outras quatro obras não foram anunciadas, mas Moisés garante que todas as regiões serão contempladas e com investimentos de porte semelhante. Ao longo das próximas semanas ele deve revelar os novos investimentos em visitas ao interior do Estado. Os recursos não fazem parte do montante destinado à manutenção de rodovias

"A ideia é que a gente possa promover, através da infraestrutura do Estado, o desenvolvimento. Essas obras vão ser anunciadas quando a gente visitar cada região", disse Moisés. Segundo ele, o governo escolheu os investimentos prioritários, que devem gerar maior impacto regional. 

O problema para ampliar os investimentos é a falta de recurso. "Eu digo que a gente tem os pés no chão porque a gente está trabalhando com propostas de recursos próprios. O governo não está trabalhando com verbas de financiamento", afirmou. O governo não tem autorização da Secretaria do Tesouro Nacional para contratar recursos porque tem avaliação negativa sobre suas finanças.

"Esse é apenas um sinal da vontade do governo em o que investir: obras que de fato são estruturantes e melhoram a vida e condição de trabalho daqueles que investem em Santa Catarina. Na medida em que o Estado tenha recurso, a gente avança em outras obras", concluiu. 

 

Segunda, 24 de junho de 2019
Porto Belo terá Festa da Tainha
Quarta, 19 de junho de 2019
PM cumpre mandado de prisão em Itapema
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros