terça, 17 de setembro de 2019
06/06/2019 - 16:00
Imagem cedida pela PC

Polícia Civil prende dois homens e um está foragido por homicídio em Itajaí

Segundo apurado no inquérito policial, os fatos ocorreram no dia 10 de junho deste ano, por volta das 09h, quando se verificou que no interior da residência localizada no bairro Cordeiros, em Itajaí, havia uma pessoa, já em óbito, deitada na cama, com lesões provocadas por disparo de arma de fogo. A vítima foi identificada como L.G.S.

Em continuidade aos fatos, foi apurado também que havia outras duas pessoas, referente a mesma ocorrência, que se encontravam no Hospital, ou seja, outras duas vítimas de disparo de arma de fogo, sendo identificados como J.C.S e F.A.C.J.

Diante da referida empreitada criminosa, a Polícia Civil empreendeu diversas diligências no sentido de angariar o maior número possível de elementos informativos e de provas a fim de individualizar as condutas e identificar a autoria dos fatos.

Desvendou-se, portanto, que uma pessoa empunhando um revólver entrou no quarto onde estavam duas das vítimas e passou a efetuar vários disparos contra L.G.S. Neste momento, J.C (uma das vítimas) saiu em fuga em direção à laje da residência, quando foi alvejado por um disparo de arma de fogo. Outros dois autores contribuíram para o crime.

Em seguida, os autores do crime se dirigiram a outra vítima, a fim de matá-la. Esta vítima foi identificada como F.A.C.J., o qual estava nas proximidades do Mercado Lúcia, na rua Henrique Borba dos Santos, bairro Cordeiros, quando um GM/Celta de cor azul se aproximou em alta velocidade, um homem abriu a porta do carona, (atrás do motorista), e efetuou vários disparos de arma de fogo, vindo a atingi-lo diversas vezes. F.A.C.J. e J.C.S. não morreram por circunstâncias alheias às vontades dos autores.

Os autores dos crimes foram identificados como sendo W.R.S., responsável por planejar o crime e ser o motorista dos demais comparsas; J.L.S., vulgo ¨LENO¨, seria o executor dos disparos e J.R.S., vulgo ¨BIMBO¨, teria ajudado a planejar e executar os crimes.

Com isso, representou-se pela prisão preventiva dos investigados, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário e cumprida pela Polícia Civil.

W.R.S., que já se encontrava preso, teve contra si mais um mandado de prisão cumprido.

J.L.S., foi localizado e preso em Joinville, no seu local de trabalho.

J.R.S., vulgo ¨BIMBO¨ segue foragido.

O Delegado de Polícia responsável pelo caso, Rafael Leandro Lorencetti, afirma ainda que agora o inquérito policial será remetido ao Poder Judiciário dentro do prazo legal, e os investigados restaram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e homicídio qualificado em sua forma tentada, por duas vezes.

Segunda, 16 de setembro de 2019
Casa pega fogo em Garuva
Segunda, 16 de setembro de 2019
IGP-10 tem inflação de 0,29% em setembro
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros