terça, 17 de setembro de 2019
05/06/2019 - 10:00

Município realiza castração e microchipagem de animais no Jardim Esperança

A intenção da campanha é fazer mais de 100 atendimentos por mês

O Município de Itajaí deu início nesta terça-feira (4) à castração e microchipagem de animais do Jardim Esperança, no bairro Cordeiros. Serão feitas 25 castrações por semana e a expectativa é realizar cerca de 2 mil atendimentos no loteamento. Os primeiros 10 animais foram atendidos nesta terça na Unidade de Acolhimento Provisório (UAPA) do município.

Os bichinhos são recolhidos durante a manhã pelo Instituto Cidade Sustentável e levados para UAPA. No fim do dia, são devolvidos aos donos, já castrados e microchipados. As inscrições para os proprietários interessados em fazer a castração dos animais devem ser feitas na Unidade Básica de Saúde Jardim Esperança.

?Esse projeto é extremamente importante, não só para a saúde dos bichinhos, mas também para a saúde da população, porque ajuda a reduzir doenças e também controla a população de animais na cidade?, destaca a coordenadora da UBS Jardim Esperança, Gleice Mamede.

Na unidade de saúde, 24 agentes comunitários de saúde estão engajados na campanha de castração para receber as inscrições de animais. ?A procura da comunidade está bem grande e
nós estamos sendo bem recebidos nas casas. A felicidade dos bichinhos é a nossa felicidade, estou abraçando essa causa com todo amor e carinho?, conta a servidora Glaci Esser.

Além do cadastro dos animais, a Secretaria de Saúde também fornece os medicamentos e os profissionais veterinários para realizar os procedimentos.

Redução de doenças

A campanha de castração é uma forma de reduzir doenças nos animais, como o câncer, e ainda evitar a procriação descontrolada, diminuindo o número de cães e gatos soltos nas ruas. A medida também reduz doenças transmissíveis para humanos, como raiva, leishmaniose, entre outras.

Já a microchipagem é usada para identificar o animal, implantando abaixo da pele um minúsculo dispositivo com informações que poderão ser lidas com um leitor específico. Quando um animal foge ou se perde, caso seja encontrado, por ser levado de volta para casa de forma simples e rápida.

A iniciativa é uma realização do Município de Itajaí, por meio do Instituto Cidade Sustentável e da Secretaria de Saúde, em parceria com a Câmara de Vereadores. No ano passado, quase 700 animais, entre cães e gatos, foram atendidos nos bairros Nossa Senhora das Graças, Dom Bosco, Imaruí e Barra do Rio.

Segunda, 16 de setembro de 2019
Casa pega fogo em Garuva
Segunda, 16 de setembro de 2019
IGP-10 tem inflação de 0,29% em setembro
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros