terça, 25 de junho de 2019
03/06/2019 - 16:35
Imagem meramente ilustrativa

Camboriú deve ganhar Centro Tecnológico com investimento de R$ 85 milhões

Esta previsto para o segundo semestre deste ano, o inicio da construção de um Centro Tecnológico no município de Camboríu com investimentos da ordem de R$ 85 milhões e com capacidade para abrigar até mil alunos na área de pós-graduação em tecnologia e inovação, além da produção de softwares para diversos segmentos empresariais. O empreendimento faz parte de uma parceria firmada desde 2014 entre a prefeitura e o Instituto Educacional Go Network, de Curitiba (PR), o que inclui a doação de um terreno em contrato de comodato no bairro Santa Regina, aprovado, inclusive, pela Câmara de Vereadores do município.
 
De acordo com o Diretor-Comercial do Instituto Claudio Itinoce, o empreendimento terá cerca de 50 mil metros quadrados de área construída e aguarda apenas a renovação do alvará da atual administração municipal para que possa ser iniciada a obra. Segundo ele, o centro abrigará alunos de outras cidades que estiverem fazendo residência na área de tecnologia, sendo que 10% das vagas ficarão asseguradas para estudantes residentes em Camboriú.
 
Claudio Itinoce informa ainda que o Instituto tem parceria com a Universidade Tuiuti do Paraná e parte do investimento é proveniente de um fundo internacional que financia projetos de educação, tecnologia e inovação em diversos países. ?Com capacidade inicial para atender 1000 alunos nessa primeira etapa do processo, temos a meta de curto prazo, em três anos, para concretizar a expansão do negócio e abrigar mais 3 mil estudantes, com isso atraindo jovens talentos de todo o Brasil e Exterior, para fazerem residência no Campus, que contará com laboratórios modernos de alta tecnologia, dormitórios e refeitórios. O Centro Tecnológico abrigará alunos formados em Tecnologia, e esses realizarão especializações em suas áreas?, complementa o empresário.
 
A cidade de Camboriú foi escolhida pela localização estratégica, por já contar com um Instituto Federal, o IFC, e pela proximidade com o Porto de Itajaí e Pólos Industriais da região Sul do país, além do potencial turístico da vizinha Balneário Camboriú, ?conferindo um ambiente de qualidade de vida aos seus futuros alunos residentes.? O empreendimento também deve gerar 200 empregos iniciais diretos e a expectativa de um faturamento de mais de R$ 115 milhões ao ano.
Segunda, 24 de junho de 2019
Porto Belo terá Festa da Tainha
Quarta, 19 de junho de 2019
PM cumpre mandado de prisão em Itapema
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros