sexta, 19 de julho de 2019
10/05/2019 - 13:32

Festival de Teatro traz peça premiada sobre xenofobia nesta sexta-feira (10)

Programação do evento segue com espetáculos até domingo (12)

O Festival de Teatro de Itajaí traz nesta sexta-feira (10) o espetáculo ?A Invenção do Nordeste? com o Grupo Carmin, do Rio Grande do Norte. A peça recebeu, no início deste ano, o prêmio Cesgranrio de Teatro na categoria 'Melhor Espetáculo de 2018'. A apresentação será no Teatro Municipal, às 20h, e os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Motivado por uma série de reações xenófobas contra os nordestinos durante as eleições presidenciais de 2014, o grupo Carmin criou uma peça para desconstruir a imagem do Nordeste e do(a) nordestino(a). ?A Invenção do Nordeste? tem duração de uma hora e classificação indicativa de 16 anos.

Os dramaturgos Pablo Capistrano e Henrique Fontes escreveram uma auto-ficção, na qual um diretor é contratado por uma grande produtora para preparar dois atores norte-riograndenses, que disputam o papel de um personagem nordestino. Durante o tempo da preparação, a identidade nordestina entra em cheque. A direção do espetáculo é de Quitéria Kelly, idealizadora do projeto.

Os ingressos para a peça podem ser adquiridos no site Ingresso Nacional ou na bilheteria do teatro.

Programação continua no fim de semana

A sexta-feira (10) começa com o Eranos Círculo de Arte, de Itajaí. O grupo apresenta, às 17h, o espetáculo ?Por Onde Andei? no calçadão da Rua Hercílio Luz, em frente à Casa da Cultura. A peça tem entrada gratuita.

> Acesse a programação completa do Festival Toni Cunha

Os últimos dois dias do Festival de Teatro reservam três atrações nacionais para o público. No sábado (11), As inigualáveis Irmãs Cola (SP) apresentam a peça ?As inigualáveis descendo do salto?, às 20h, na Casa da Cultura Dide Brandão. No espetáculo, duas mulheres malabaristas no topo de seus saltos agulha seguem em busca do número de suas vidas. Mas ao descer do salto, as atrizes refletem sobre suas imagens, as angústias e os alentos de ser uma mulher.

No domingo (12) de Dia das Mães, o Festival Toni Cunha tem programação para toda família com a peça ?Tekoha ? Ritual de Vida e Morte do Deus Pequeno?, na Praça Genésio Miranda Lins, na avenida Beira-rio, às 16h. No espetáculo de rua, o Teatro Imaginário Maracangalha (MS) narra a trajetória do líder indígena guarani Marçal de Souza e sua resistência histórica na luta pela terra e direitos dos povos indígenas.

O encerramento do Festival fica por conta do Grupo Galpão (MG) com o espetáculo ?Nós?, que será encenado às 20h do domingo, no Teatro Municipal. A peça debate questões atuais, como violência e intolerância, a partir de uma dimensão política. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) e estão à venda no site Ingresso Nacional ou na bilheteria do teatro.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros