segunda, 20 de maio de 2019
09/05/2019 - 09:27

Credifoz tem aumento de 41% nas sobras que somaram R$ 7,9 milhões em 2018

Resultados foram apresentados para os cooperados na Assembleia Geral que aprovaram por unanimidade a distribuição das sobras e os planos de expansão da cooperativa para 2019

A Credifoz Cooperativa de Crédito fechou o ano de 2018 com R$ 7,9 milhões em sobras (lucro) representando crescimento de 41% em relação a 2017. Deste valor, a cooperativa irá distribuir R$ 2,9 milhões - R$ 1 mi reforçará a Reserva Adicional e R$ 1,9 mi será distribuído no capital dos cooperados. A proposta foi aprovada na Assembleia Geral Ordinária (AGO) realizada em Itajaí, onde mais de 500 pessoas estiveram presentes. No evento, os cooperados tiveram acesso aos principais números da cooperativa que mostrou crescimento nos seus ativos de 35% em 2018 somando mais de R$ 208 milhões.

?Em uma cooperativa de crédito, o lucro não vai para os acionistas, nós dividimos entre os cooperados que são os donos do negócio. Além das sobras, temos que comemorar o resultado econômico social que permitiu que os cooperados economizassem muito dinheiro com tarifas e juros mais baratos além de maior rentabilidade nos investimentos?, explicou o diretor Executivo da Credifoz, Silvano Lazarini Júnior.

Tarifas e juros mais baratos geraram
economia de R$ 36 milhões para cooperados

Segundo o diretor, a diferença da taxa de juros praticada pelos bancos tradicionais e a Credifoz para o cheque especial chegou a quase 220% em 2018. No rotativo do cartão, por exemplo, enquanto a média da taxa aplicada pelos bancos é de 300%, na Credifoz ela cai para 112,9%. Em valores concretos, essa diferença nos juros ocasionou uma economia de R$ 30 milhões para os cooperados. No caso das tarifas, que também são mais baratas que nas instituições tradicionais, a economia foi de R$ 6 milhões. Além disso, a Credifoz remunerou melhor os investidores que ganharam no total R$ 643 mil a mais em comparação se tivessem aplicado o dinheiro nos bancos.

"Quando um cooperado economiza esse valor em juros, tarifas mais baratas, quando o dinheiro dele rende mais, esses valores ficam no bolso dele e voltam para desenvolver a economia local em vez de ir para o bolso de somente alguns acionistas ", disse. No total, o resultado econômico e social de 2018 foi de R$ 41,084 milhões, média de R$ 1.187,00 para cada cooperado.


Aumento do número de cooperados e expansão para duas novas cidades

Durante a Assembleia Geral, os cooperados também aprovaram os planos de expansão da Credifoz que ainda em 2019 deve inaugurar postos de atendimento nas cidades de Tijucas e Itapema, além de mudar de endereço em Balneário Camboriú para ampliar a capacidade de atendimento do PA. Com o aumento no número de postos de atendimento, a meta é fechar 2019 com 29% mais cooperados atingindo 50 mil pessoas até 2020. ?Este será um ano de muitos investimentos para ampliarmos nossa área de atuação, modernizarmos nossos postos e produtos e consolidamos nossa atuação no litoral de Santa Catarina?.

Sexta, 17 de maio de 2019
Acidente deixa dois mortos na BR 282
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros