quinta, 23 de maio de 2019
07/05/2019 - 10:02

Circuito Mundial de Vôlei de Praia contará com presença de 12 medalhistas em Itapema

Após imenso sucesso em 2018, Itapema recebe pelo segundo ano consecutivo a etapa brasileira do Circuito Mundial de vôlei de praia. O torneio acontece neste mês, de 14 a 19 de maio, na Av. Nereu Ramos, altura da rua 307. E a competição, que conta pontos para a corrida olímpica brasileira, terá a presença de grandes atletas do mundo.

Serão 12 medalhistas olímpicos em ação na competição que tem entrada franca à torcida. Dos 12 medalhistas olímpicos, quatro são brasileiros. Alison (ES), que estará atuando ao lado do parceiro Álvaro Filho (PB), e Bruno Schmidt (DF), que forma dupla com Evandro (RJ), foram campeões nos Jogos do Rio, em 2016. Ágatha (PR), que atua junto de Duda (SE), e Bárbara Seixas (RJ), parceira de Fernanda Berti (RJ), foram prata na mesma edição, no Rio.

Além dos brasileiros, outros oito atletas que já subiram ao pódio em Jogos Olímpicos estarão presentes. Caso das norte-americanas Kerri Walsh (ouro em 2004, 2008 e 2012, e bronze em 2016) e April Ross (prata em 2012 e bronze em 2016), da alemã Laura Ludwig (ouro em 2016), dos holandeses Brouwer e Meeuwsen (bronze em 2016), dos letões Smedins e Plavins (bronze em 2012) e do norte-americano Priddy, único da lista medalhista pelo voleibol de quadra (ouro em 2008 e bronze em 2016), que recentemente passou para a praia.

Ao todo, são 90 times inscritos na competição (somando masculino e feminino), sendo que 24 duplas de cada gênero já estão garantidas na fase de grupos pelo ranking de entradas ou convite (wild card). As outras oito vagas restantes para a fase de grupos, que é composta por 32 duplas, são decididas na disputa do classificatório, em jogos eliminatórios diretos.

Os times são divididos então em oito grupos com quatro duplas. Na primeira fase, a dupla com melhor ranking dentro de cada grupo joga contra a dupla de pior colocação (1º x 4º), e as outras duas intermediárias jogam entre si (2º x 3º). Está é denominada a ?Rodada 1?. Os vencedores das partidas da Rodada 1 se enfrentam (jogo dos vencedores), e quem levar a melhor fica com o primeiro lugar do grupo, indo direto às oitavas de final.

O perdedor fica em segundo lugar e vai para a repescagem. Já as duplas que foram derrotadas na Rodada 1 duelam pela terceira colocação (jogo dos perdedores). Quem vence fica em terceiro e vai à repescagem, e quem perde fica em quarto lugar e está eliminado da competição na fase de grupos. A partir da fase de grupos o torneio passa a ser disputado no sistema de eliminatória simples, com repescagem, oitavas, quartas, semifinais e finais.

As etapas do Circuito Mundial são classificadas de uma a cinco estrelas desde 2017, variando assim o valor da premiação e o total de pontos distribuídos. Itapema (SC) receberá um evento de quatro estrelas, com distribuição de cerca de R$ 1,2 milhão em prêmios para todos os times em disputa, sendo cerca de R$ 80 mil para a dupla campeã de cada naipe. A competição também dará 800 pontos aos campeões em cada naipe, 720 para os vice-campeões e 640 aos medalhistas de bronze, reduzindo 80 pontos a cada posição na classificação.

Itapema foi pioneira em 2018, já que foi a primeira cidade de Santa Catarina, e da região Sul do país, a sediar uma etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia. O Brasil esteve presente desde o início do tour, sediando ao menos uma etapa desde a criação do Circuito Mundial, em 1987. Até hoje Foram 46 etapas no naipe masculino e 41 etapas no naipe feminino (a maioria realizadas simultaneamente, em um mesmo evento).

As cidades que já receberam o tour são Barueri (SP), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Guarujá (SP), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Miguel Pereira (RJ), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São Paulo (SP), Vitória (ES) e, claro, Itapema (SC).

O Brasil é o maior vencedor do Circuito Mundial tanto no masculino (conquistou 18 temporadas), quanto no feminino (venceu 23 temporadas). O vôlei de praia também é o único esporte que rendeu medalha ao país em todas as edições dos Jogos.

MEDALHISTAS OLÍMPICOS INSCRITOS EM ITAPEMA:

Masculino

Alison Cerutti (BRA)

Bruno Schmidt (BRA)

Alexander Brouwer (HOL)

Robert Meeuwsen (HOL)

Janis Smedins (LAT)

Martins Plavins (LAT)

Reid Priddy (EUA)

Feminino

Ágatha Bednarczuk (BRA)

Bárbara Seixas (BRA)

April Ross (EUA)

Kerri Walsh (EUA)

Laura Ludwig (ALE)

*Com informações da Assessoria de Imprensa da CBV

Quarta, 22 de maio de 2019
SINE de Navegantes com vagas de emprego
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros