quinta, 23 de maio de 2019
03/05/2019 - 17:46

Sommelière dá dicas de como armazenar e conservar seu vinho

Você sabia que existem diversos fatores que interferem na qualidade do seu vinho? Confira algumas dicas para aproveitá-lo da melhor maneira possível

Algumas das dúvidas mais frequentes entre os apreciadores do vinho são referentes à conservação e armazenamento, já que existem diversos fatores que podem interferir diretamente nas propriedades da bebida, como a luminosidade e a temperatura, por exemplo.

Além do armazenamento, muitos se perguntam como faz para conservar o vinho depois de aberto. Ana Cristina Fulgêncio, sommèliere da Wine.com.br, tira essa e outras dúvidas para manter seu vinho perfeito.

 

Posição

Caso o vinho que você comprou seja de rolha, é interessante deixar a garrafa na horizontal, porque assim a bebida fica em contato com a rolha ? isso se o consumo for demorar mais de um ano, por exemplo, se for mais rápido, não há problemas em deixá-la na vertical. Isso faz com que a rolha se mantenha inchada e impeça a passagem de ar para dentro da garrafa, caso seja um ambiente muito seco. Se o vinho for de tampa, não há problemas em deixá-lo vertical.

 

Temperatura

?O ideal é manter o vinho a uma temperatura de 13°C?, comenta Ana. Mas, caso você não tenha uma adega em casa, não se desespere. Você pode deixar seus vinhos em um local que tenha poucas variações de temperatura, porque ela está diretamente ligada à evolução do vinho. Se o local for muito quente, o tempo de vida do vinho poderá ser reduzido. Por isso, é importante que ele seja arejado e com temperatura amena.

Outro ponto importante em relação à temperatura é que não se deve colocar o vinho na geladeira, pois ela é um ambiente extremamente seco e isso resseca a rolha.

 

Luminosidade

Outra questão bastante importante para a conservação de seu vinho é a luminosidade. O ideal é mantê-lo sempre em um ambiente escuro, com baixa luminosidade. Isso acontece porque o vinho tem componentes fotossensíveis. Inclusive, é por isso que muitos vinhos vêm em garrafas verdes, justamente para bloquear a passagem de luz.

 

Depois de aberto...

?Cada tipo de vinho demora um tempo específico para começar a perder algumas de suas características?, conta Ana. Por exemplo, para um vinho tinto, o ideal é consumi-lo entre três cinco dias. Os brancos e rosés, em até três dias. Já os espumantes são feitos para consumo imediato, especialmente por conta do gás. O aumento da temperatura faz com que o gás se perca.

Quarta, 22 de maio de 2019
SINE de Navegantes com vagas de emprego
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros