quinta, 18 de julho de 2019
15/04/2019 - 10:03

Penha vai comemorar 260 anos da Capela São João Batista com programação especial

No dia 27 de abril, Penha estará em festa, comemorando os 260 anos do seu edifício mais antigo: a Capela de São João Batista, localizada no bairro de Armação do Itapocorói, berço da colonização do município. ?A capela é o marco que simboliza o início da nossa história?, resume o Prefeito de Penha, Aquiles da Costa. ?Foi em volta dela que cresceu a Armação do Itapocorói e o próprio município de Penha. Trata-se de um edifício histórico, do qual devemos nos orgulhar e preservar?.
 
?A capela é a terceira igreja mais antiga de Santa Catarina?, aponta o diretor de cultura de Penha, Eduardo Bajara. Construída em 1.759, além de cerimônias religiosas, serviu durante mais de 100 anos como sede de registros de nascimentos, batismos, casamentos e óbitos da região compreendida entre a Barra do Itapocu (ao norte) e o Rio Camboriú (ao sul). Hoje é uma das atrações turísticas da cidade, e além de patrimônio histórico e cultural de Penha, também busca seu reconhecimento como patrimônio do estado. No ano passado, a prefeitura de Penha assinou termo de cooperação com a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) com objetivo de viabilizar a restauração e preservação do edifício e seus objetos sacros.
 
Para comemorar um aniversário tão importante, a Prefeitura se uniu à comunidade, representada pela Associação dos Moradores e Amigos da Praia Grande (AMAPG) e a própria coordenação da Capela de São João para organizar a 1ª edição do ?Armação Cultural? - uma extensa programação, com shows, apresentações, exposições, feira de livros e artesanato, entre outras atrações durante quase todo o dia de sábado.
 
A principal atração é o show da banda Tarrafa Elétrica, de Itajaí, a partir das 21 horas, mas as atividades começam bem mais cedo, a partir das 14 horas. Além de palestra contando a história da capela, haverá sarau cultural com apresentação de poemas e crônicas, roda de capoeira, peça de teatro sobre a pesca da baleia, boi de mamão, banda da Univali, participação dos Corais da Univali e Laci Simão Correia, e Missa em celebração do aniversário, a partir das 19h30. Uma das novidades será a apresentação da ?Tartaruga de Mamão?, uma versão do boi de mamão organizada pela AMAPG que enfatiza a fauna marinha da Praia Grande, num exercício lúdico em prol da preservação ambiental.
 
Também já estão confirmadas tendas de exposição cultural sobre a pesca, com exibição de confecção de redes, cerâmica e rendas, fotos, vídeos de pessoas da comunidade, doces de origem açoriana, feirinha de livros da Academia de Letras de Penha, além da venda de churrasco artesanal (espetinho), pastel, bolo, sopa e bebidas no salão comunitário da Igreja. ?Será uma festa muito bonita, e toda a cidade está convidada a prestigiar esse dia tão importante?, chama o coordenador da igreja local, Romário Bento.

 

Confira a Programação completa

PROGRAMAÇÃO ? ARMAÇÃO CULTURAL

HORARIO

HISTORICO

 

14:00

Abertura do evento ? contando um pouco da história

 

 

Hino do município

 

 

Narrativa de Visconde de Taunay

 

 

Discurso 1 Discurso 2

 

 

Discurso 3 Discurso 4 Discurso 5

 

15:00

INICIO DO SARAU ?  contanto um pouco mais da história

 

 

Associação AFRO

 

 

Capoeira

 

15:30

Teatro do caçador de baleias

 

 

Colégio Paiva ? poesia-cordel-teatro

 

16:30

Boi de mamão

 

 

Banda da UNIVALI

 

 

Apresentação Academia de Letras

 

 

Poesia sobre a Capela, do Sr. Dico (em memória)

 

 

Professora Cátia e Leo ? poesias

 

 

Apresentações diversas - inscrições no dia

 

18:00

Apresentação Tartaruga de Mamão

 

 

*Banda da UNIVALI(caso necessário)

 

18:30

Coral Laci

 

18:45

Coral UNIVALI

 

19:15

FINALIZAÇÃO DO SARAU

 

19:30

MISSA

 

20:45

CORAL  UNIVALI ? DENTRO DA IGREJA

 

21:00

SHOW TARRAFA ELÉTRICA

 

*A banda da UNIVALI fará diversas apresentações durante o evento; Confirmadas as seguintes exposições: tenda cultural com pescador fazendo rede, duas rendeiras, exposição de fotos, vídeos de pessoas da comunidade, seu Zico com produtos açorianos (rosca de massa, biju, farinha etc), bolsas em chita, academia de letras com venda de livros, cerâmicas de Barra Velha, casa de chita (Sarita com venda de espetinho), e venda de pastel-bolo-sopa e bebida pela coordenação da Igreja de São João Batista.

 
 
Quinta, 18 de julho de 2019
Virada BC inicia nesta quinta-feira
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros