segunda, 18 de fevereiro de 2019
01/02/2019 - 13:31

BC: Laboratório que faz análise da balneabilidade em BC é credenciado no IMA

O Freitag Laboratórios Ltda, contratado pela Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) para fazer a coleta e análise da balneabilidade das praias é credenciado pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) e acreditado no INMETRO. O contrato foi feito mediante licitação, para atender ao aditamento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) nº 06.2012.00002746-8, comprometendo-se em analisar a qualidade da água das praias. ?O laboratório possui todos os requisitos de qualidade máximos assegurados pelos órgãos competentes para este fim. Portanto, é importante ressaltar que a Emasa ou qualquer outro órgão Municipal não possui interferência nos resultados?, disse o diretor Geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

Desde março de 2018, o laboratório Freitag realizou coletas todas as quartas-feiras, em 17 pontos das praias de Balneário Camboriú. Nesta quarta-feira (30), foi realizada nova coleta e o resultado da balneabilidade será divulgado nesta sexta-feira (1º), quando ocorrerá nova coleta. ?Solicitamos ao laboratório contratado pela Emasa que faça as análises em intervalos menores, sendo duas essa semana e três à partir da próxima, principalmente na temporada, quando o fluxo de pessoas aumenta na cidade e precisamos ter um monitoramento mais adequado da balneabilidade. E não apenas uma vez na semana, como é feito pelo IMA?, explicou o prefeito Fabricio Oliveira.

Este ano, as coletas foram nos dias 02, 09, 16, 17, 23 e 30 de janeiro (a última ainda sem resultado). Destas, apenas dois pontos foram considerados impróprios: o Pontal Norte e a Lagoa de Taquaras. Os demais pontos de análise foram considerados próprios: Laranjeiras, Estaleiro, Estaleirinho, Taquaras, Rua 2500, Rua 3000, Rua 3500, Rua 4000, Pontal Sul, Rua 1001, Rua 51, Rua 1400, Rua 2000.

As condições de balneabilidade são afetadas por fatores como chuvas, ventos e impactos pontuais locais, os quais podem ter seus efeitos modificados em até 24 horas. Portanto, mudanças nesse panorama de balneabilidade podem ocorrer dependendo das condições climáticas. ?Há coletas que foram feitas após enxurradas e foram consideradas determinantes para a divulgação do IMA. Já as coletas feitas pelo laboratório Freitag são mais atuais e demonstram que esse não é o quadro da Praia Central?, explicou o secretário do Meio Ambiente, Ike Gevaerd.

Na próxima segunda-feira (04), o prefeito Fabrício Oliveira e representantes da EMASA e Secretaria do Meio Ambiente, se reunirão com o presidente do IMA, em Florianópolis, para propor a intensificação das coletas por semana do Instituto ou então, o credenciamento do Município para a execução do serviço por meio do laboratório credenciado, durante a temporada.

Atualmente, segundo a Resolução do CONAMA nº 274/2000 - em seu art. 9, compete ao órgão de controle ambiental, neste caso o Instituto do Meio Ambiente (IMA), aferir a condição de balneabilidade das praias de todo o Estado, identificando-as como própria ou imprópria.

 

Balneário possui 95% de rede coletora de esgoto

Balneário Camboriú é atualmente a cidade mais saneada de Santa Catarina, com 95% de rede coletora de esgoto. Entre 2017 e 2018 foram entregues 20Km de rede nos bairros Nova Esperança, Loteamento Schultz e Parque Bandeirante; na Praia de Laranjeiras foram executados 2.880m de rede e duas elevatórias; foram concluídos 9,2 Km de rede nos bairros da Barra e São Judas e mais 10 ruas que não tinham ligação.

Está em execução a obra de 7,5 km de rede coletora de esgoto que completará o sistema no Bairro dos Municípios. Em dezembro de 2018, também iniciou a construção de um complemento de rede na Praia de Laranjeiras, para que a coleta dos dejetos atinja 100% dos imóveis. E está em processo final de liberação pela Caixa Econômica Federal o projeto para levar esgoto as praias do Estaleiro e Estaleirinho, ambas com certificação internacional do Bandeira Azul conquistadas em 2018. ?Para implantar rede coletora de esgoto em 100% da cidade, a Emasa também elaborou um projeto para realizar o serviço em outras ruas da cidade que ainda não possuem rede e interligações?, completou o diretor Geral da EMASA.  

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros