domingo, 25 de agosto de 2019
04/01/2019 - 19:27

Município de Itajaí reúne famílias do São Francisco de Assis para tratar de infraestrutura

O objetivo foi dar assistência às famílias e tratar de assuntos do interesse dos condôminos, como serviços públicos e gestão técnica e social do empreendimento.

O Município de Itajaí reuniu os moradores do Residencial São Francisco de Assis, na noite de quinta-feira (03), no próprio condomínio. O objetivo foi dar assistência às famílias e tratar de assuntos do interesse dos condôminos, como serviços públicos e gestão técnica e social do empreendimento.

Participaram da reunião o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, secretários municipais, vereadores, além de representantes do Semasa, Celesc, empresa de transporte coletivo Transpiedade, Polícia Civil e Polícia Militar.

Na ocasião, foram apresentadas informações a respeito dos serviços que estão em andamento para proporcionar conforto e suporte para uma melhor habitabilidade dos condôminos das 480 unidades, entregues no último dia 27 de dezembro.

Energia Elétrica
O chefe da agência regional da Celesc em Itajaí, Pedro Paulo Morelli, explicou que os trabalhos estão sendo intensificados para concluir a instalação de luz nas residências em que ainda não receberam os medidores. ?É uma questão de segurança para todos vocês. Trabalhamos nestes últimos dias para que o mais breve possível vocês possam estar abastecidos?, reforçou Morelli a todos os presentes. O prefeito Volnei Morastoni solicitou que fosse realizado um mutirão neste fim de semana para agilizar o processo.

Abastecimento de água
Segundo o superintendente do Semasa, Diego Antônio da Silva, as poucas residências que ainda não foram atendidas receberão a Van Social (veículo que leva a estrutura administrativa até o local) para atender todas as demandas relacionadas ao abastecimento de água.

Transporte Coletivo
A empresa Transpiedade se comprometeu a avaliar novas rotas de ônibus para atender as necessidades dos moradores do local.

Habitação
Quem assinou o contrato tardiamente e ainda não recebeu as chaves, a orientação é procurar a Secretaria Municipal de Habitação, localizada na Rua Antônio Caetano, 105, no bairro Fazenda (nos fundos do Teatro Municipal) para regularizar a situação. Todas as orientações serão dadas. A Caixa Econômica Federal, contratante da obra, será contatada e as situações pendentes sanadas.

Saúde 
As unidades destinadas para atendimentos dos moradores do São Francisco de Assis serão: Salseiros, Santa Regina, Portal 2, Espinheiros, além da UPA de Cordeiros. A unidade de referência para a Saúde da Família será a do Salseiros.

Educação
No total, o residencial tem 221 alunos com idade escolar do 1° ao 9° ano. As crianças serão atendidas pelas seguintes unidades escolares municipais das proximidades: José Potter, Maria Rosa Heleno Schulte, Maria José Hülse Peixoto, Thereza Bezerra de Athayde, Edy Vieira W. Rothbarth, Rosa Negreiros Cabral. Além da escola estadual de Educação Básica Raul Bayer Laus. Na educação infantil, as inscrições na rede municipal funcionam por meio da Fila Única. Os pais devem fazer o pedido de transferência ou novas matrículas junto à Secretaria de Educação. Ônibus escolares farão o transporte conforme as necessidades apresentadas. A administração municipal estuda a possibilidade de realizar a compra de vagas em creches particulares, conforme a necessidade.

Assistência Social
O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do bairro Imaruí, localizado na Rua Albino Gugelmin, 91, na Barra do Rio, irá atender quem já possui algum benefício sócio-assistencial ou necessita de atendimento. Para demais casos, deve-se procurar a sede da secretaria localizada na Rua Brusque, 257, no Centro.

Segurança
A partir do próximo mês, 80 guardas que passaram no concurso e concluíram o curso da Guarda Municipal estarão nas ruas de Itajaí incrementando a segurança pública da cidade. Uma viatura com dois guardas municipais será colocada para realizar rondas na região do São Francisco de Assis.

Trânsito 
A Coordenadoria de Trânsito (Codetran) já fez a avaliação da estrutura de vias públicas. Reuniões com a comunidade serão realizadas para discutir as melhores opções de modificações na estrutura do trânsito. Uma das alternativas estudadas é transformar as vias de acesso em mão única.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros