domingo, 24 de março de 2019
10/12/2018 - 17:36

Projeto de Educação Patrimonial contempla quase 150 alunos de Itajaí

Balanço será apresentado nesta quinta-feira (13) durante o encerramento da ação no Museu Etno

O projeto Memória Andante contemplou este ano 148 alunos de cinco escolas da Rede Municipal de Ensino de Itajaí. O balanço será apresentado nesta quinta-feira (13), às 19h, durante encerramento da ação no Museu Etno-arqueoógico da Itaipava. A iniciativa foi realizada pela Lei de Incentivo a Cultura de Itajaí, em parceria com o Programa Cultura e Travessura da Secretaria Municipal de Educação.

O projeto tem por objetivo realizar ações de fomento no campo da educação patrimonial, com ênfase nas memórias em vídeo. Os encontros foram realizados semanalmente desde o final do mês de outubro até o início de dezembro, quando os vídeos ficaram prontos.

As turmas de cada escola aprenderam as práticas de entrevistas, pesquisa e audiovisual para produzirem seus próprios curtas. "O desafio era que os alunos se reconhecessem no bairro onde moram. Por isso a proposta de trazer pais, avós e vizinhos da comunidade para dentro da escola e a partir daí criar um vídeo com as histórias contadas por eles", conta a instrutora do projeto, Caroline Westerkamp.

Com isso, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a importância histórico-social do bairro, além de identificar seus patrimônios materiais e imateriais. As memórias relembradas pelos entrevistados promoveram nos alunos, reflexões sobre a influência do passado nos dias atuais e projetou o impacto das ações do homem no futuro.

Para a diretora da Escola Básica Maria Nilza Ferreira Evaristo, no bairro Espinheiros, o projeto é importante, pois conta a história do bairro aos alunos. ?Muitos desconhecem os fatos, a origem do lugar onde vivem", ressaltou Andréa de Oliveira Vieira.

Lançamento dos vídeos

O encerramento do projeto será realizado no Museu Etno-arqueológico do bairro Itaipava. O local já sediou uma estação de trem muito citada pelos antigos moradores, além disso salvaguarda peças encontradas no sambaqui do bairro.

Para o encontro também está programado um bate papo sobre história oral com a museóloga Angela Peyerl e uma visita guiada pelo museu.

Escolas selecionadas nesta edição:

Escola Básica Aníbal César ? Bairro São Vicente (quinto ano do Ensino Fundamental I)
Centro Educacional Pedro Rizzi ? Bairro Cidade Nova ( Alunos do EJA)
Grupo Escolar Profª. Maria Nilza Ferreira Evaristo ? Bairro Espinheiros (quarto ano do Ensino Fundamental I)
Escola Básica Profª. Judith Duarte de Oliveira ? Bairro Itaipava (quinto ano do Ensino Fundamental I)
Escola Básicas Padre José Anchieta ? Bairro Canhanduba (quinto ano do Ensino Fundamental I)

Encerramento

Dia: 13 de dezembro (quinta-feira)
Horário: 19h às 20h
Local: Museu Etno-Arqueológico da Itaipava
Endereço: Avenida Itaipava, 3901 

Sexta, 22 de março de 2019
BC Smart Week será na próxima semana
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros