sexta, 22 de junho de 2018
13/06/2018 - 10:45

Município garante recursos para manutenção da ala clínica Padre Pio no Hospital Marieta

Governo do Estado vai repassar ainda neste mês cerca de R$ 200 mil para custeio dos leitos

O Município de Itajaí garantiu recursos estaduais para manutenção de mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen. O compromisso foi firmado pelo secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, em reunião nesta terça-feira (12), em Florianópolis. O governo estadual deve repassar cerca de R$ 200 mil mensais para manutenção da ala clínica Padre Pio ainda neste mês de junho.

?O município já repassou mais de R$ 1,2 milhão para manutenção da ala Padre Pio, que estava para fechar e é fundamental para redução dos índices de mortalidade do hospital. Solicitamos ao governador auxílio para o custeio do serviço e agora foi confirmado o repasse da verba?, explica o secretário de Saúde de Itajaí, Celso Luiz Dellagiustina, que participou do encontro nesta terça.

De acordo com Dellagiustina, na reunião também foi tratado sobre a revisão da Programação Pactuada Integrada (PPI) Hospitalar, que não é feita desde o início de 2017 e aumentará o teto financeiro do município em aproximadamente R$ 500 mil para custeio de serviços hospitalares. ?Há o compromisso do secretário estadual da Saúde em colocar isso em pauta para aprovação na próxima reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), dia 22 desse mês, para que o município possa receber esses recursos?, relata.

Outra novidade do encontro foi a apresentação da proposta de equiparação per capita na área da Oncologia para o município ? hoje, Itajaí recebe R$ 0,95 per capita mensais. Se a proposta for aprovada pela câmara técnica da CIB e, posteriormente pelos gestores municipais, a cidade passará a receber R$ 2,12 per capita mensais, um aumento de cerca de 120%.

?Com isso poderemos fazer um reequilíbrio na área da oncologia, resolvendo parte das principais demandas do município?, pontua o secretário de Saúde de Itajaí.

O Estado também informou na reunião que os recursos investidos atualmente pelos municípios no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) serão absorvidos pelo governo. A intenção é que até 2019, todas as unidades do SAMU sejam mantidas pelo Estado, permitindo que os municípios invistam esses valores em outras áreas da Saúde.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros