segunda, 23 de julho de 2018
19/03/2018 - 16:49

Você sabe como dar os primeiros passos para sair do sedentarismo?

Cardiologista explica como é possível reduzir estresse, estimular a produção de endorfina e melhorar a qualidade do sono, só saindo da zona de conforto

A falta de tempo é considerada um dos principais motivos para as pessoas não praticarem algum tipo de atividade física. Com a correria do dia a dia, frequentar a academia ou praticar esportes acaba ficando de fora da rotina. No entanto, pequenos hábitos diários podem ajudar a ganhar qualidade de vida e bem estar. O especialista em Clínica Médica, Cardiologia, Arritmologia Clínica e professor da Medcel, Dr. Rafael Munerato, traz aqui algumas recomendações para sair do sedentarismo, já que causa ameaças à saúde, uma vez que é considerado um fator de risco cardiovascular.

Para ele, ir de maneira gradual é a forma mais assertiva. "A caminhada reduz estresse, estimula a produção de endorfina, além de melhorar a qualidade do sono", explica.

Formado pela Faculdade de Medicina da Santa Casa e com especialização em Arritmia Cardíaca pelo Instituto do Coração, o médico indica:

  • Recomendação: dar no mínimo 10 mil passos por dia para beneficiar a saúde e ganhar qualidade de vida - essa quantidade equivale a aproximadamente 45 minutos de caminhada;
  • É mais fácil do que parece:geralmente, as atividades habituais das pessoas fazem com que elas cheguem a cerca de 5 mil passos, ou seja, o esforço deve ser para completar e chegar aos 10 mil. Lembre-se: permanecer nos 5 mil, ainda será considerado como sedentário;
  • Como?
    • Descer ou subir escadas ao invés de usar o elevador;
    • Caminhar com amigos, familiares ou pets;
    • Descer do ônibus antes do ponto ou parar em estacionamento mais distante;
    • Saia para dançar com os amigos;
    • E aqueles que, por conta do trabalho não conseguem caminhar, devem monitorar os passos que habitualmente fazem, além de procurar ficar em pé mais tempo que sentadas.
  • Benefícios:
    • Diminui o risco de infarto e derrame;
    • Perda de peso - alerta: a caminhada é um aliado na perda de peso, portanto, não se iluda sobre o fato de que andar apenas 10 mil passos ajudará no emagrecimento. A união da caminhada com uma dieta - reduzindo consumo de açúcar branco e carboidrato de alto índice glicêmico - é o segredo para quem precisa perder peso de uma forma saudável;
    • Diminuição da porcentagem de gordura no corpo;
    • Diminuição de circunferência abdominal;
    • Aumento do HDL (colesterol bom).
  • Aposte nos Apps: a melhor forma de contar os passos é com uso de aplicativos de celulares, smartwatches ou smartbands. Além de serem mais práticos, proporcionam uma gamificação, pois compartilham os dados e usam algoritmos para estimular o aumento dos passos;
  • Estimule-se:Trate essas dicas como ostart para uma vida mais ativa, mas não se estagne nessa etapa. Os trabalhos científicos demonstram que realizar 30 minutos de atividade física moderada 5 vezes por semana ainda é superior a atingir 10 mil passos;

Restrição:quem tem alguma limitação física ou doença que cause limitação às atividades habituais deve ter orientações personalizadas sobre esta conduta. Doenças cardiopulmonares graves devem seguir orientação específica do médico.

Segunda, 23 de julho de 2018
A restrição e o veneno
Segunda, 23 de julho de 2018
Porto Belo organiza Operação Lacre
Sexta, 20 de julho de 2018
POLÍTICA: Memória
Sexta, 20 de julho de 2018
POLÍTICA: Merisio sai na frente
Sexta, 20 de julho de 2018
Marina Silva em Itajaí
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros