domingo, 05 de abril de 2020
03/05/2013 - 08:40

Vereadores fiscalizam serviços prestados pela Coletivo

 

Vereadores se reuniram na tarde desta quinta-feira (2) com representantes da empresa de transportes Coletivo Itajaí. Marco Littig e Alexandre Rizzi sanaram dúvidas que haviam sido levantadas pelos vereadores em reunião realizada no início de abril. Além de fiscalizar os serviços oferecidos pela empresa, a reunião serviu para esclarecer as responsabilidades da empresa e do Município no transporte público da cidade.
 

O ponto mais importante levantado pelos vereadores foi o Sistema Integrado de Transporte, que para entrar em operação depende da conclusão do Terminal de Cordeiros. Segundo Littig, a empresa tem uma previsão de 14 meses, a contar de fevereiro deste ano, para entregar este terminal. De acordo com consultor, somado aos terminais já prontos da Fazenda e Ressacada o serviço de transporte público deve melhorar sensivelmente, mas o ideal seria um corredor exclusivo para ônibus nas principais vias da cidade.

 

Sobre a qualidade da frota, a Coletivo informou que realizou no início deste ano uma série de reparos nas poltronas e outros problemas nos carros. Além disso, a Coletivo deve colocar na rua sete novos ônibus até o início do segundo semestre.

 

A respeito do troco, pois alguns usuários reclamam dos tickets que substituem as moedas, os representantes da empresa informaram que existe atualmente uma grande dificuldade em se conseguir moedas no mercado. Como alternativa a empresa está fazendo uma campanha para incentivar o usuário a fazer o cartão SIM. ?Além de facilitar o troco, quem usa o cartão ainda paga a passagem mais barato?, alegou Littig.

 

Os vereadores também insistiram na questão da criação de novos itinerários e a adição de ônibus em determinados horários de pico e nos horários de saída e entradas das escolas. A orientação da empresa é de que para executar este tipo de mudança, os pedidos devem passar pelo Conselho Municipal de Transportes.

 

A vereadora Dulce Amaral (PSD), relatora Comissão Permanente de Obras e Serviços e Serviços Públicos, afirmou que a partir de agora os vereadores deverão formular um documento único com o resultado da reunião e encaminhar para a Prefeitura. ?Nossa luta principal será para que a Prefeitura consiga implantar os corredores exclusivos para ônibus. Com isso o Sistema Integrado de Transportes poderá ser cem por cento eficaz?, disse Dulce.

Quinta, 02 de abril de 2020
Marinheiro Solidário - Faça parte!
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros