quarta, 11 de dezembro de 2019
06/01/2011 - 00:00

Secretaria de Saúde alerta para cuidados com doenças diarréicas no verão

Com a chegada do verão aumentam consideravelmente a incidência de doenças diarréicas causadas por microorganismos (vírus, bactéria e parasitas) presentes em fezes humanas e animais. Por isso, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica orienta as pessoas a terem cuidado no consumo e no preparo de alimentos, além de manter a higiene pessoal.

 

Segundo informações da Secretaria de Saúde, nesta segunda e terça-feiras, apenas no Pronto Atendimento do São Vicente, foram atendidas 47 pessoas com sintomas de diarréia.

 

Esta doença se caracteriza pela presença mal-estar geral, dor abdominal, náusea, vômito, febre e, em alguns casos, desidratação. A transmissão ocorre pelo consumo e manipulação de água e alimentos contaminados por fezes humanas ou animais, água contaminada por enchentes ou por contato pessoa a pessoa.

 

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica ainda destaca algumas recomendações para prevenir o aparecimento de doenças transmitidas por alimentos:

 

Beber sempre água potável. Não consumir água de fonte não-confiável. Se necessário, ferver a água antes de consumi-la, observando o correto processo de fervura (ferver por cinco minutos e aguardar o resfriamento para consumi-la). Ter muito cuidado com a água utilizada no preparo da alimentação das crianças com menos de um ano.

 

Lavar bem as mãos antes de preparar os alimentos e guardá-los em recipientes bem fechados. Higienizar os alimentos crus antes de seu consumo, com água potável e hipoclorito de sódio, sendo 2 gotas de Hipoclorito de Sódio (2,5%) para cada litro de água por um período de no mínimo 30 minutos antes do consumo.

 

Os alimentos cozidos devem ser preparados imediatamente antes do consumo e mantidos em temperatura quente. As sobras devem ser armazenadas na geladeira e reaquecidas antes do próximo consumo. Evitar o consumo de alimentos que foram produzidos em condições de higiene insatisfatória ou de origem duvidosa;

 

Na praia, evitar consumir alimentos muito perecíveis como sanduíches, embutidos, carnes, salgadinhos, queijos, bolos e doces recheado. Manter lanches caseiros em recipientes bem tampados e abrigados do sol. Se o alimento necessitar de refrigeração, mantê-lo dentro de caixas isotérmicas abastecidas com gelo. Prefira alimentos saudáveis: frutas, leite, barra de cereais e sucos acondicionados em embalagens tetrapack;

 

Beber sempre bastante água para evitar desidratação, com moderação no consumo de bebidas alcoólicas (que devem ser ingeridas intercaladas a outros líquidos), e evitar excesso de sal.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros