sábado, 14 de dezembro de 2019
05/01/2011 - 00:00

Prefeitura já concluiu obras sob sua responsabilidade no Terminal da Fazenda

A Prefeitura de Itajaí já concluiu as obras sob sua responsabilidade no Terminal de Ônibus Coletivo Urbano da Fazenda. O terminal já está funcionando em fase de testes a fim de avaliar se haverá necessidade de algum tipo de intervenção para perfeito funcionamento do sistema. A instalação de alguns equipamentos que ainda faltam no local são de responsabilidade da empresa concessionária do transporte coletivo na cidade.

 

Segundo o Secretário de Urbanismo da Prefeitura de Itajaí, Paulo Praun, para a conclusão do terminal faltam apenas a implantação do piso podotátil (que funciona como guia para deficientes visuais) e a colocação de bancos. ?A colocação destes equipamentos é responsabilidade da empresa concessionária. Sabemos que os bancos, por exemplo, já foram adquiridos e estamos aguardando a entrega pela empresa fabricante?, informa.

 

O secretário explica, também, que a saída dos ônibus do terminal torna inviável a utilização do ponto da Avenida Sete de Setembro para embarque de passageiros. ?Para que um ônibus saia do terminal e pare naquele ponto, ele precisaria manobrar de marcha ré o que prejudicaria o trânsito no local. Por isso, o ponto defronte do terminal foi priorizado para desembarque de linhas intermunicipais da Praiana e da Catarinense ou para as linhas da Praia Brava. Os usuários já foram comunicados desta medida através de cartaz afixado no local?, enfatiza.

 

Paulo Praun destaca que a prefeitura já cumpriu com cerca de 70% da sua responsabilidade no processo de alteração do sistema de transporte coletivo da cidade. ?Já concluímos nossa parte com o Terminal da Fazenda e o da Ressacada. Já temos licitada a construção do Terminal de Cordeiros, cujo projeto está sob reavaliação e a obra deve ser iniciada ainda neste ano?, explica.

 

Tanto na Ressacada quanto em Cordeiros, cabe à prefeitura a organização da estrutura viária. A edificação das plataformas de embarque e desembarque deverão ser viabilizadas pela concessionária. Com a conclusão de todas as obras poderá ser implantado o sistema de transporte coletivo integrado na cidade, permitindo ao usuário deslocar-se para qualquer ponto de Itajaí pagando apenas uma única tarifa. A expectativa é de que o sistema integrado também reduza o custo operacional da concessionária, economia que deve ser repassada para a tarifa.

Sexta, 13 de dezembro de 2019
Vagas de emprego no Sine Itajai
Sexta, 13 de dezembro de 2019
Balneário Shopping recebe Prêmio IMPAR
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros