segunda, 27 de janeiro de 2020
03/01/2011 - 00:00

Raimundo Colombo toma posse como governador de Santa Catarina

As cerimnias de posse e transmisso de cargo, realizadas na Assembleia Legislativa e no Teatro Pedro Ivo, em Florianpolis, foram acompanhadas por mais de duas mil pessoas, neste sbado (1). O governador Raimundo Colombo e o vice-governador Eduardo Pinho Moreira enfatizaram nos discursos o respeito aos cidados e a importncia da participao comunitria no Governo.

Durante o discurso de posse, o novo governador enfatizou a aproximao que o poder pblico estadual deve ter com os catarinenses. "Convido-os a se juntarem ao governador e ao vice que elegeram. Preciso de apoio, crticas, compreenso. At de indignao, quando for o caso, pois quero ser alertado para os erros, a fim de corrig-los", convocou.

Raimundo Colombo destacou que quer valorizar os sentimentos de solidariedade, fraternidade e trabalho. Reafirmando o compromisso assumido durante a campanha eleitoral, Colombo afirma que vai participar da vida comunitria de Santa Catarina, em aluso ao slogan "As pessoas em primeiro lugar". "Santa Catarina uma s. No sou eu o Governo, somos ns, todo o povo catarinense", expe. O governador ainda alertou que o programa de governo no um catlogo de promessas, mas um compromisso de atingir grandes metas e trabalhar dia e noite, para encurtar o tempo e reduzir as distncias para abranger o maior nmero de catarinenses em cada ao do governo estadual.

O governador reafirmou que sua prioridade a sade. "Vamos registrar o tempo de espera para atendimento nos postos, nos ambulatrios, nos hospitais e nas clnicas odontolgicas." Tambm lembrou dos compromissos assumidos com a segurana. ?Segurana Pblica ser uma meta de qualidade de vida?, esclarece.

A expanso e a melhoria da educao tambm sero pontos de ateno no Governo Colombo. De acordo com o governador, "no haver limites no esforo de expanso da educao?, resultando na qualidade da mo de obra e a especializao para impulsionar as atividades produtivas. Raimundo Colombo ainda fez uma revelao ousada, de que tem a meta de que "nenhum catarinense, por mais pobre ou onde quer que resida, interromper sua formao por falta de meios e oportunidades de aprendizagens."

Austeridade e dinamismo
Mas para fazer com que o Estado funcione em benefcio do povo, fazendo-lhe usufruir da boa administrao pblica, o governador Colombo diz que "ser preciso fazer um esforo extraordinrio em todos os setores do governo? e sero necessrias duas caractersticas fundamentais: a austeridade das finanas e o dinamismo da economia. O cuidado e respeito no trato do dinheiro pblico tambm passam pelos cuidados com as despesas, o planejamento dos gastos, o controle das obras e servios, o rigor nos pensamentos e os cuidados com a arrecadao ganharo ateno especial do governador. " preciso perseguir a eficincia, a competncia, a inteligncia e a criatividade nos investimentos pblicos", afirma o governador.

Sobre o dinamismo da economia catarinense, de que depende o Tesouro do Estado, Raimundo Colombo declara que "temos que apoiar, incentivar, financiar, abrir estradas, melhorar o acesso aos portos e aeroportos, criar as facilidades possveis para que os empreendedores iniciem, desenvolvam, ampliem e cresam alm das nossas fronteiras, inclusive as tornando internacionais."

Raimundo Colombo terminou o discurso enfatizando a participao popular. ?Da minha parte, como governador, asseguro que nada farei ou deixarei de fazer, sem a lembrana de que no sou eu, somos ns catarinenses que governamos o Estado.?

Quinta, 23 de janeiro de 2020
Janeiro o ms da sade mental em Cambori
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros